Top 10 erros comuns que novos pais cometem

Share:

Top 10 erros comuns que novos pais cometem

10° Acreditar em cada coisa que escutar

Dois bebês não se comportam da mesma forma. Muita sabedoria de pais vem de ter realmente vivenciado a fase com o próprio bebê. Para novos pais, apesar de a maioria do que se escuta, se lê, possa ser verdade, isso pode ou não se aplicar ao próprio bebê. O ideal é considerar tudo que ouvir com cautela. Aprender a confiar no próprio instinto um pouco mais, e evitar considerar cada conselho recebido como palavra bíblica.


9° Negligenciar a si, o parceiro, e o relacionamento

Esta é uma das piores coisas possíveis a fazer. Ter um recém-nascido para cuidar é definitivamente uma das funções mais difíceis do mundo, mas não facilita priorizando apenas o bebê. Uma grande maneira de contornar a situação é os dois pais se envolverem mais em cuidar e criar a criança.

8° Comparar o próprio bebê com outros

Dois bebês não são iguais, enquanto são criados, não é saudável comparar o próprio bebê com outro, provavelmente não é a melhor forma de agir sobre a avaliação do crescimento saudável e geral do filho. O ideal é oferecer ao bebê espaço e tempo para crescer naturalmente.

7° Não confiar no próprio instinto parental o suficiente

O próprio instinto como um pai é muito mais forte, e merece muito mais crédito do que recebe. No final, sempre lembrar-se que apenas o pai e mãe conhecem o seu bebê bem o suficiente.

6° Gastar muito mais dinheiro do que o necessário

Os bebês crescem realmente com rapidez e superam aquelas roupas pequenas adoráveis até mais rapidamente. Então, enquanto possa ser tentador comprar quase todas as roupas encantadoras na loja, se controlar e lembrar-se que o pequeno bebê não estará precisando disso em pouco tempo.

5° Não obter ajuda suficiente, até quando oferecida

Novos pais estão muitas vezes exaustos, dormem bem pouco, e fazem sua função como pais parecer pouco atraente. Então, quando oferecida ajuda de um membro familiar, um vizinho ou um amigo próximo, graciosamente aceitar esta ajuda. Ser um pai nunca foi fácil, e toda pequena ajuda possível de conseguir no processo é sempre bem-vinda.

4° Entrar em pânico sobre qualquer coisa

Não ter certeza sobre o que está acontecendo é natural como um novo pai. Mas entrar em pânico com a menor ocorrência não usual não é considerada atitude sábia. Isso leva de volta ao ponto sobre o instinto parental. Aprender a ouvir o instinto com cuidado é essencial.
Os bebês choram, e isto nem sempre significa que eles estão com fome, com sono ou desconfortáveis. Eles também choram por atenção. Aprender a ouvir os sinais do próprio bebê, e confiar no que o bebê está dizendo. Isto parece impossível, mas com certeza, tempo e um pouco de prática é tudo o que é preciso.

    

3°higiene bucal entre os erros comuns que novos pais cometem

Praticar a boa higiene bucal com os bebês é uma grande maneira de garantir que eles continuem a prática conforme ficarem mais independentes. A higiene bucal não se limita apenas aos dentes. Ter cuidado com as gengivas do bebê é muito importante, e esta prática deve obviamente continuar conforme o bebê inicia a dentição.

2°Não descansar o suficiente

Cochilar enquanto o bebê cochila. As novas mamães provavelmente estão exaustas pelo dia, e cuidar do próprio bebê pode ser muito exigente.  É também verdade que um bom descanso da noite é uma ocorrência mais rara do que uma lua azul, uma vez que se tem o bebê.
E assim, é importante assegurar que está fazendo bom uso daquelas poucas oportunidades obtidas durante o dia e tirar um cochilo. Será percebido que estes cochilos manterão a mãe energizada o suficiente, e ajudará a se recuperar mais cedo.

1° Ficar exageradamente aprisionado

É claro que ser pai e mãe é função de tempo integral, mas isso não significa que a pessoa não seja permitida a deixar a casa nunca. Ficar aprisionado dentro de casa por muito tempo realmente afetará a pessoa, e esta se encontrará estado de muito stress.
Se não estiver se sentindo muito empolgada, não se preocupar sobre se vestir tão bem. Simplesmente usar aquelas roupas para se exercitar e seguir para uma boa caminhada no parque, ou até apenas ao redor da vizinhança. É possível até levar o bebê junto, adequadamente vestido e coberto é claro.