Hidrocele: o que é, causas, sintomas, evolução, prevenção e tratamento - Newcrewmusik || a crew em primeiro

Hidrocele: o que é, causas, sintomas, evolução, prevenção e tratamento

Share:



O que é hidrocele?

Hidrocele é o acúmulo anormal de fluido no interior da túnica vaginal, a membrana que reveste internamente a bolsa que contém os testículos. Ahidrocele pode ser uni ou bilateral (geralmente unilateral), congênita ou adquirida, primária ou secundária e afeta principalmente os bebêsrecém-nascidos e os adultos acima de 45 anos.
Chama-se primária a hidroceledevido a uma absorção deficiente do fluido e secundária aquela devido a uma inflamação (infecção ou trauma) ou neoplasia dotestículo.

Quais são as causas da hidrocele?

Nem sempre é fácil determinar-se a causa dahidrocele.
Normalmente, os testículos são envolvidos por um pequeno volume de líquido que tem como função lubrificá-los Ahidrocele ocorre quando há algum desequilíbrio entre a produção e a absorção desse líquido, levando-o a acumular-se.
A hidrocele pode ser causada por processos inflamatórios dos próprios testículos ou de estruturas vizinhas ou por traumatismos, obstruções dos vasos linfáticos ou tumores.
No feto, os testículos são formados na cavidade abdominal e migram posteriormente em direção à bolsa escrotal, por um caminho que em geral se fecha naturalmente. Caso isso não aconteça, líquidos da cavidade abdominal passam para o interior do saco escrotal, acumulando-se ali e resultando na hidrocele dos bebês.


Quais são os sinais e sintomas da hidrocele?

Na hidrocele, a bolsa escrotal apresenta-se cheia de fluido que fica predominantemente na frente de um dos testículos. As hidroceles variam muito em tamanho, podendo ser discretas ou exacerbadas, uni ou bilaterais e podem causar desconforto em razão do seu tamanho, mas geralmente são indolores e não malignas. Diferem de outras massas que podem estar no interior do saco escrotal, como tumores dos testículos, porque estas são mais sólidas.

Como o médico diagnostica a hidrocele?

A hidrocele pode ser diagnosticada por um simples exame clínico corretamente realizado. A ultrassonografiapermite a visualização detalhada dos testículos e das estruturas existentes dentro da bolsa escrotal.

Como é o tratamento da hidrocele?

O tratamento da hidroceletesticular consiste na remoção do líquido acumulado na bolsa escrotal. Através de uma cirurgia, pratica-se uma excisão na túnica vaginal e por ela o fluido é drenado e as bordas da túnica são suturadas para prevenir um novo acúmulo.
O fluido da hidrocele também pode ser apenas aspirado, em um procedimento menos invasivo, mas as taxas derecorrência são bem mais altas. A injeção de uma solução esclerosante (escleroterapia), seguida por aspiração do fluido dahidrocele, pode aumentar as taxas de sucesso. Esse procedimento pode ser repetido, se necessário.
Nos bebês deve-se acompanhar o paciente e aguardar o fechamento espontâneo da abertura e, se não houver regressão no prazo de um ano, opta-se pela cirurgia.

Como prevenir a hidrocele?

Os fatores que aumentam as chances do indivíduo apresentar hidrocele ainda são desconhecidos e por isso não há medidas preventivas a serem adotadas, a não ser evitar processos infecciosos gerais.

Como evolui a hidrocele?

Em si mesma a hidrocele não afeta a fertilidade, no entanto, ela pode ser consequência de enfermidades que afetam a fertilidade.


ABCMED, 2012. Hidrocele: o que é? Quais são as causas? Como são o diagnóstico e o tratamento? Tem como evitar?. Disponível em: <http://www.abc.med.br/p/saude-do-homem/309525/hidrocele-o-que-e-quais-sao-as-causas-como-sao-o-diagnostico-e-o-tratamento-tem-como-evitar.htm>. Acesso em: 22 out. 2017.